Como calcular o BDI conforme recomendações do TCU

Hoje vamos ensinar passo a passo de como se calcula o BDI conforme recomendações do Tribunal de Contas da União – TCU. No final do artigo vou disponibilizar para download uma Planilha de Cálculo de BDI gratuita.

BDI – Bonificações e Despesas Indiretas, é um percentual aplicado sobre o custo para chegar ao preço de venda a ser apresentado ao cliente.

Veja como se calcula o preço de venda:

PV = CD x (1 + BDI)

PV = Preço de venda

CD = Custo direto da obra

BDI = Despesas indiretas e lucro ou benefício

 

Existe diversas fórmulas de cálculo do BDI, no entanto a jurisprudência do TCU entende que a equação que vou apresentar a seguir é a que melhor traduz a incidência das rubricas do BDI no processo de formações do preço de venda da obra.

Formula de Cálculo do BDI:

Em que:

AC = é a taxa de rateio da administração central;

S = é uma taxa representativa de seguros;

R = corresponde aos riscos e imprevistos;

G = é a taxa que representa o ônus das garantias exigidas em edital;

DF = é a taxa representativa das despesas financeiras;

L = corresponde à remuneração bruta do construtor;

I = é a taxa representativa dos tributos incidentes sobre o preço de venda (PIS, Cofins, CPRB e ISS).

 

Parâmetro referenciais das rubricas que compõem o BDI:

clique na imagem para ampliar (Fonte Acordão 2.622/2013 – Plenário)

 

clique na imagem para ampliar (Fonte Acordão 2.622/2013 – Plenário)

Estão sujeitos ao regime cumulativo para fins de incidência da contribuição para o PIS-Pasep e da Cofins, às alíquotas de 0,65% e de 3%, respectivamente.  Quanto ao ISS, a alíquota e o local do recolhimento variará de acordo com o sistema tributário da empresa, local e tipo do serviço.

A aquisição do BDI referencial que será empregado no orçamento-base da licitação pode acontecer mediante a utilização das faixas de referência constantes do Acórdão 2.622/2013 – Plenário, reproduzidas na tabela a seguir.

Ressalta-se que os parâmetros apresentados nas tabelas não contemplam a Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB), instituída pela Lei 12.844/2013, aplicável às empresas que estão sujeitas à desoneração da folha de pagamento (FONTE: TCU).

Acesse: Como calcular o BDI em obras com desoneração da folha de pagamento?

Exemplo: Cálculo do BDI – Construção de Edifícios:

Como prometido, estamos disponibilizando gratuitamente uma Planilha de Cálculo e Detalhamento do BDI, clique aqui para efetuar o download

 

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Curta nossa pagina no Facebook.

O Orçamentista está no Instagram! Conheça e siga nosso perfil.

Clique aqui para participar da comunidade sobre Orçamento e Licitações de Obras.

Nossos grupos no WhatsApp:

Grupo 5 – Clique aqui para participar

Grupo 4 – Clique aqui para participar

Grupo 3 – Clique aqui para participar

Grupo 2 – Clique aqui para participar

Grupo 1 – Clique aqui para participar

 

Fonte: Orientações para Elaboração de Planilhas Orçamentárias de Obras Públicas (TCU)

16 ideias sobre “Como calcular o BDI conforme recomendações do TCU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *